1888 Opera Leipzig 20-01-1888 - Die drei Pintos (estreia)

  • Solistas: Don Pantaleone Roiz de Pacheco, um nobre (Bernhard Köhler, baixo), Don Gomez de Freiros, um nobre (Jacob Hübner, tenor), Clarissa, filha de Don Pantaleone (Emma Baumann, soprano), Laura, empregada doméstica de Clarissa (mezzo- soprano Josephine von Artner (1869-1932), mezzo-soprano), Don Gaston de Viratos, um ex-aluno (Charles Hedmondt, tenor), Ambrosio, criado de Don Gaston (Otto Schelper, barítono), Don Pinto de Fonseca, um jovem escudeiro do interior (Carl Greng (1853-1914), baixo), Inez, filha do Innkeeper (Therese Rothauser, soprano), Innkeeper (August Proft, baixo), Major-domo (tenor).
  • Condutor: Gustav Mahler (1860-1911)
  • Orquestra: Orquestra Gewandhaus de Leipzig (LGO)
  • Refrão: Alunos, moradores e servos de Don Pantaleone
  • Número da Opera: O
  • Notas: Veja Composições inacabadas, concluídas por Mahler (1 compositor)Carl Maria von Weber (1786-1826). Ópera cômica de Carl Maria von Weber (1786-1826), completada por Gustav Mahler com palavras do Inferno após Seidel, é apresentada pela primeira vez, no Teatro Municipal, 67 anos após sua composição. Pré estreia. É extremamente bem-sucedido e ganha mais aclamação de Mahler do que jamais teve antes.
  • A primeira apresentação foi um evento de primeira categoria, em que até o casal real saxão estava presente. Mahler foi celebrado com entusiasmo. Veja Composições inacabadas, concluídas por Mahler (1 compositor). Apesar de muitos planos, Mahler não compôs mais óperas. Cinco apresentações.

Relatório de erros ortográficos

O seguinte texto será enviado aos nossos editores: