O Bayreuth Festspielhaus ou Bayreuth Festival Theatre (em alemão: Bayreuther Festspielhaus) é uma casa de ópera ao norte de Bayreuth, Alemanha, dedicada exclusivamente à execução de óperas do compositor alemão do século XIX Richard Wagner. É o local do Festival anual de Bayreuth, para o qual foi especificamente concebido e construído. Seu nome oficial é Richard-Wagner-Festspielhaus.

Design

Wagner adaptou o design do Festspielhaus de um projeto não realizado por Gottfried Sempre para uma casa de ópera em Munique, sem a permissão do arquiteto, e supervisionou sua construção. Ludwig II da Baviera forneceu o financiamento principal para a construção. A pedra fundamental foi lançada em 22 de maio de 1872, aniversário de 59 anos de Wagner. O edifício foi inaugurado para a estreia do ciclo completo de quatro óperas de Der Ring des Nibelungen (O Anel do Nibelung), de 13 a 17 de agosto de 1876.

Construção. Festspielhaus.

Apenas a fachada da entrada exibe a ornamentação típica do final do século 19, enquanto o restante do exterior é modesto e mostra em sua maioria tijolos sem decoração. O interior é principalmente de madeira e tem um tempo de reverberação de 1.55 segundos. O Festspielhaus é um edifício de carpinteiro; na verdade, é a maior estrutura de madeira independente já erguida. Ao contrário do design tradicional da ópera com várias camadas de assentos em um auditório em forma de ferradura, os assentos do Festspielhaus são dispostos em uma única cunha de formato íngreme, sem galerias ou camarotes. Isso também é conhecido como assento continental. Muitos cinemas contemporâneos adotaram este estilo de assentos, o que dá a cada poltrona uma visão igual e ininterrupta do palco. A capacidade do Festspielhaus é de 1,925 e tem um volume de 10,000 metros cúbicos.

1873. Festspielhaus.

O Festspielhaus apresenta um proscênio duplo, que dá ao público a ilusão de que o palco está mais longe do que realmente está. O proscênio duplo e o fosso da orquestra recuado criam - no termo de Wagner - um “abismo místico” entre o público e o palco. Isso confere um caráter onírico às performances e fornece um reforço físico do conteúdo mítico da maioria das óperas de Wagner. A arquitetura do Festpielhaus atingiu muitos dos objetivos e ideais de Wagner para as apresentações de suas óperas, incluindo uma melhoria no som, na sensação e na aparência geral da produção.

1876. Festspielhaus.

O Festpielhaus foi originalmente planejado para abrir em 1873, mas naquela época Wagner mal havia levantado dinheiro suficiente para construir as paredes de seu teatro. Ele começou a arrecadar dinheiro viajando e fazendo shows em várias cidades e países da Europa. Mesmo depois que Ludwig começou a financiar o projeto, Wagner teve que continuar fazendo shows para manter o projeto do prédio financeiramente à tona. As viagens eram muito desgastantes para a saúde de Wagner e acabariam sendo um elemento chave para sua morte mais tarde em 1883.

1895. Festspielhaus.

1900. Festspielhaus.

1919. Festspielhaus.

Corredor. Festspielhaus.

Poço da orquestra

Uma característica significativa do Festspielhaus é seu fosso de orquestra incomum. Está embutido sob o palco e coberto por um capuz, de forma que a orquestra fica completamente invisível para o público. Esse recurso era uma preocupação central para Wagner, uma vez que fazia com que o público se concentrasse no drama no palco, ao invés do movimento perturbador do maestro e dos músicos. O design também corrigiu o equilíbrio de volume entre cantores e orquestra, criando uma acústica ideal para as óperas de Wagner, que são as únicas óperas executadas no Festspielhaus. No entanto, esse arranjo também tornou a regência mais desafiadora, mesmo para os melhores maestros do mundo. Não apenas o fosso lotado está envolto na escuridão, mas a reverberação acústica torna difícil sincronizar a orquestra com os cantores. Os regentes devem, portanto, se treinar para ignorar as dicas dos cantores.

Cova. Festspielhaus.

O layout da orquestra implantado em Bayreuth é incomum de três maneiras:

1. Os primeiros violinos são posicionados do lado direito do maestro, em vez de seu lugar usual do lado esquerdo. Isso é muito provável devido à maneira como o som deve ser direcionado para o palco, e não diretamente para o público. Dessa forma, o som tem uma linha mais direta dos primeiros violinos até o fundo do palco, onde pode ser refletido para o público.

2. Contrabaixos, violoncelos e harpas (quando mais de um usado, por exemplo, Ring) são divididos em grupos e colocados em cada lado do fosso

3. O resto da orquestra está localizado diretamente sob o palco. Isso torna a comunicação com o maestro vital, já que a maioria dos músicos não consegue ver ou ouvir os cantores, mas cria os sons enormes e ricos que Wagner buscou compor.

 

Projeto de poço. Festspielhaus.

2000. Festspielhaus.

Festspielhaus.

Festspielhaus.

Festspielhaus.

Festspielhaus.

Festspielhaus.

Festspielhaus.

Festspielhaus.

Festspielhaus.

Festspielhaus.

Se você encontrou algum erro, por favor, avise-nos selecionando esse texto e pressionando Ctrl + Enter.

Relatório de erros ortográficos

O seguinte texto será enviado aos nossos editores: