Presidente

Martin Campbell-White é amplamente considerado um dos gerentes de artistas mais experientes e admirados de nossa geração. Tendo iniciado sua carreira na Ibbs & Tillett em 1969, Martin mudou-se para Harold Holt em 1972 e mais tarde negociou a fusão dessa empresa com Lies Askonas, para formar a Askonas Holt.

Martin supervisionou as carreiras de grandes artistas como Sir Simon Rattle, Robert Tear, Claudio Abbado, Daniel Harding e Bernard Haitink, além de ter desempenhado um papel de liderança na organização de grandes turnês internacionais. Martin aposentou-se como Chefe Executivo Adjunto da Askonas Holt e tornou-se Consultor da empresa em janeiro de 2014, aconselhando e consultando sua equipe e artistas. Martin é membro honorário da Royal Philharmonic Society e atua como consultor da Opera Comique de Paris.

Foto: Martin Campbell-White no Palácio de Buckingham recebendo seu MBE por serviços para a indústria da música (2015).

Se você encontrou algum erro, por favor, avise-nos selecionando esse texto e pressionando Ctrl + Enter.

Relatório de erros ortográficos

O seguinte texto será enviado aos nossos editores: